As 5 reflexões no convívio com as pandemias. Seria este, o nosso novo normal? A ciência diz que sim.

Durante o confinamento muito se descobriu, se redescobriu, muito se ganhou e muito se perdeu. Uma reflexão rápida sobre a vida que se desenha logo à frente.

Direitos de uso De Jenny Sturm by Adobe

Em linhas gerais as pandemias devem aumentar pelo estilo de vida adotado pela humanidade, pela expansão das áreas urbanas, diminuição das florestas causando desequilíbrios no ecossistema, consumo de carne animal com baixos índices de proteína ou qualquer outro tipo de substância benéfica para a saúde humanas, viagens de avião cada vez mais longas e com alta capacidade de carga humana, a globalização e facilitação do turismo sem os cuidados devidos para controle de zoonoses e doenças humanas e por conta do aumento da agricultura em áreas próximas da urbana ou de floresta selvagem.

Entre 2009 e 2019 foram descobertos pelos cientistas norte americanos do U.S.-funded Predict project mais de 1000 novos vírus capazes de produzir uma pandemia, se estima que tenhamos por ano, entre 2 a 3 novas pandemias, grande parte, algo em torno de 75%, afetando o trato respiratório. Tendo em vista este cenário cada vez mais preocupante, nossas vidas mudaram e mudarão sensivelmente. Vamos analisar estas mudanças sobre o aspecto do Trabalho, Ensino, Família das perdas e dos ganhos.

(A) Como será o nosso Trabalho?

  1. O trabalho remoto veio para ficar e será parte de nossas vidas definitivamente. Investimentos em tecnologias de rede, aplicativos de comunicação e mobiliário adequado são a tendência para quem quer e precisa montar o seu escritório em casa. Outra opção são os Co-Works espalhados pela cidade, a tendência é que haja forte demanda e os preços tendem a aumentar;
  2. Comunicação virtual será a primeira opção, reuniões presenciais serão menos regulares por conta da agilidade, proteção da saúde e pela qualidade cada vez maior da infraestrutura de comunicação;
  3. Impactos em remuneração e benefícios serão amplamente discutidos entre empresa e funcionários. Benefícios flexíveis podem vir a ser boa opção para redução de custos a médio e longo prazos.

(B) Como será o Ensino?

  1. Preocupação com a queda de rendimentos dos alunos será grande, professores e pais cada vez mais próximos para dirimir o impacto produtivo nos alunos e já pensando na continuidade do processo continuamente, ou em parte;
  2. Falta de preparação de alunos e professores para este novo meio de ensino à distância, fará com que professores se especializem cada vez mais neste modelo, fazendo com que os alunos consigam alcançar seus objetivos de ensino efetivamente;
  3. Alunos sairão mais especializados em tecnologias que antes eram amplamente utilizadas nos escritórios, o que certamente alavancará muito seus conhecimentos e preparação para o mercado de trabalho;
  4. Uso de ferramentas digitais para potencializar o ensino de forma virtual farão com esta geração tenha amplo entendimento das tecnologias e ao mesmo tempo consigam criar novas experiências.

(C) Como será a Família?

  1. As mulheres sairão deste processo sobrecarregadas e fortalecidas. Dividirão o orçamento familiar e suas decisões amplas, comandarão os deveres da casa com apoio do companheiro e filhos, bem como estarão à frente da educação dos rebentos. Terão uma ampla visão do processo e tomarão decisões que impactarão a vida da família em grande escala;
  2. Resiliência familiar sairá fortalecida, pois todos estarão melhores preparados para enfrentarem os desafios da vida como família, a redescoberta da instituição foi grande;
  3. Reforço dos laços familiares serão amplificados pelo tempo de convívio, por dividirem mais o espaço, suas frustrações, suas conquistas e desejos;
  4. Os investimentos sairão fortalecidos em alimentação e melhorias no ambiente doméstico, que passa pela reforma e aquisição de imóveis que tragam formas de consumo e lazer seguros para a família.

(D) Quais serão as Perdas

  1. A pesquisa mostra que as mulheres perderam em maior percentual seus empregos e serão as mais impactadas na família, cerca de 71%. Contudo, como explicado anteriormente, estarão mais à frente das decisões sobre o futuro da família;
  2. Adultos jovens sofrerão com o distanciamento social, mais do que as outras faixas etárias, uma vez são mais dependentes do contato pessoal culturalmente;
  3. A economia sofrerá com a readequação dos investimentos, do consumo responsável e relativos ao turismo, cultura e aquisição de bens;
  4. Empresas ajustarão o quadro de empregados, reduzirão camadas gerenciais para aumentar a eficiência e reduzir custos com folha. A recolocação das pessoas será gradual porém demorada para determinadas faixas salariais e vai depender da velocidade da retomada econômica.

(E) Quais serão os Ganhos

  1. Crianças e Adolescentes sairão fortalecidos deste processo;
  2. As famílias passaram pelo teste do confinamento, os laços foram fortalecidos e ou restabelecidos;
  3. A forma de consumir bens mudou muito, preza-se o valor de um bom serviço prestado e por outro lado o foco no cliente para aumento da satisfação e criação de fidelização;
  4. Cuidado pela saúde será amplificado em casa, nas ruas, no trabalho e em ambientes escolares. A responsabilidade amplificada para com a saúde também será difundida no transporte, dando-se preferência pela individualização;
  5. Prática por esporte e lazer aumentarão tendo em vista que as pessoas se adaptaram a cuidar mais de sua saúde fazendo mais exercícios em casa, isto deve permanecer no pós-pandemia;
  6. Investimentos estarão na agenda do brasileiro de forma amplificada, mas ainda conservadora. Será obrigatório para o futuro das famílias sob o aspecto de responsabilidade da manutenção familiar;
  7. O uso do carro privado pela maior segurança da saúde estará em foco;

Foi utilizada a pesquisa da Febraban abaixo, a qual recomendo fortemente a sua leitura: https://news.febraban.org.br/pesquisa/2020/julho, Coletiva: Antônio Lavareda, sobre as famílias brasileiras pós-pandemia.

Concluo dizendo que o momento é de transformação global, oportunidades surgirão para todos. A consciência de que a saúde é amplamente importante chegou para ficar em todos os setores e será rígido o controle sanitário. Evoluímos digitalmente uns 5 anos em apenas 1 ano por conta desta pandemia. Me refiro ao plano de digitalização privado e público com horizontes de 5 a 10 anos e que precisaram ser antecipados mostrando que sim, dá para fazer se dermos foco e importância pela vida das pessoas. Resiliência, tolerância e atitudes conscientes e fortes. Vai ficar tudo bem!

Published by flaviocarnaval

- Experience of over 25 years in companies in the IT and Services segment working in the areas of Consultative Sales, Inspiration for Innovation, Building Complex Businesses, Strategic Alliances - Hunting profile working in verticals in industries such as: Telco, Finance, Healthcare and Manufacturing - Strong technical bias for Cloud, ERP, RPA, BI / BA, CRM and Professional Services solutions - Profitable networking with customers, technology providers and startups - DNA aimed at delivering results above the target with several awards in the curriculum - Great experience on creating: organizational model, business model, hiring people, processes and delivering results - Last 7 years, coordinating teams focused on developing high performance teams - Skill in complex negotiation and excellent interpersonal skills. - Extensive international experience mainly in the USA - MBA in Sales Management, Sales Management by (Harvard Business School), several certifications in management, as well as in technical areas - Excellent Oratory, continuous writing practice (Owner of BlogDoCarna.com), didactic

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: