As 10 áreas de conhecimento humano fundamentais para melhor se posicionar no mercado HOJE! Agora é a hora!

Atualmente as empresas buscam por competitividade e lucratividade altas. Devido às constantes mudanças em que o mercado está condicionado, as empresas precisam de pessoas com hard skills e soft skills cada vez mais específicos e que se enquadrem definitivamente na cultura organizacional. Você está preparado?

Direitos de imagem de photoschmidt by Adobe

O fato de que as empresas precisam ganhar competitividade, serem atrativas através de produtos que satisfaçam o consumidor de forma efetiva, transformou os modelos organizacionais para entregarem um modelo de agilidade nunca antes visto. O uso de ferramentas e metodologias que capacitem as empresas para esta dita transformação faz com os times se tornem mais enxutos e mais capazes.

As pessoas com mentalidade fixa continuam tendo o seu espaço em áreas menos criativas e mais de controle. Mentalidade aberta e criativa passa ser um critério valioso para se analisar em entrevistas e promoções.

Costumo dizer que hoje se olha 40% para o requisito de fit com a cultura, 25% hard skills e 35% para os soft skills. Te perguntam a pretensão salarial e se encaixa, se concentra a conversa nestes três pontos. Experiência profissional conta, mas as empresas podem e devem levar seus profissionais para experiências que nem elas mesmas sabem o que será.

Haverá o dia em que chegaremos em nosso trabalho e atividades rotineiras não mais existirão. Chegaremos e entenderemos no dia qual será a nossa missão. Isso requererá que o profissional tenha resiliência, flexibilidade, cognitividade, inteligência cultural, empatia, sentido crítico, porém colaborativo e criativo, busque conhecimento incansavelmente e com extrema curiosidade. Vamos conceituar cada área de conhecimento:

  1. Resiliência: se trata da capacidade que o ser humano tem de passar por situações adversas e conseguir ultrapassá-las com destreza. Importante que isto crie vivência necessária para que situações semelhantes sejam resolvidas rapidamente;
  2. Flexibilidade: com a mente aberta, construtiva e receptiva, poder avaliar e transformar um dado contexto. Se trata da capacidade de entender rapidamente e encontrar soluções ou hipóteses sustentáveis para testar e resolver o problema, seja mantendo ou mudando o contexto;
  3. Cognitividade: capacidade de raciocínio, seja lógico ou prático, rápido para criar soluções para um dado problema de modo contínuo. Capacidade de conexão ágil de variáveis existentes de modo a montar um sistema associativo e direcional;
  4. Inteligência Cultural: compreender a cultura local, as suas origens, a diversidade em todo o seu espectro e através disto conseguir gerir o ambiente de forma efetiva, fazendo parte dele de forma natural;
  5. Empatia: capacidade de entender o outro, se colocar em seu lugar e trabalhar soluções que satisfaçam a interesses mútuos;
  6. Criticidade: capacidade de opinar sobre algo de modo claro e efetivo, algo voltado a apoiar a decisão que será tomada. Desafiar o outro, tirá-lo da zona de conforto para um objetivo comum e mútuo, foco é construtivista.
  7. Colaboratividade: capacidade de apoiar, estar envolvido com intuito único de ajudar a desenvolver e entregar atividades de contexto prático e ou estratégico;
  8. Criatividade: pensar pequeno ou pensar grande dá o mesmo trabalho, dito isto abrir a mente sem amarras, sem preconceitos, de modo a expor todo o poder de criação para algo que possa fazer melhor, seja para o que já existe ou que precisa ser criado.
  9. Busca por conhecimento: capacidade de especializar-se, desenvolver-se a todo tempo, não acreditar que há um limite para aprender e desaprender aquilo que não mais faz sentido.
  10. Curiosidade: capacidade da busca incondicional por respostas ao desconhecido, busca pelo aprendizado de modo a avaliar e decidir o que lhe interessa para sua evolução.

Agora, vamos contextualizar: Quando se está num ambiente que requer um modelo contínuo de criatividade, você se permite testar e errar. Isso requer muita resiliência, afinal até que se encontre uma solução final, muito “não” será recebido, muitos erros serão compreendidos e ultrapassados. Ter flexibilidade para compreender que situações mudam constantemente no mundo moderno e que não haverá quase nenhum projeto que seja perene e duradouro é fundamental. Se é assim, há que se colocar todo o poder de cognitividade para de forma ágil buscar soluções efetivas para pavimentar o caminho da empresa que se transforma a todo o momento. Criar hipóteses e meios de se resolver problemas complexos exige uma equipe multi-disciplinar e multi-cultural, o líder precisa de inteligência cultural incutida efetivamente no seu modelo de vida e trabalho, buscando aplicar o conceito de empatia para compreensão dos fatos e encontrar soluções que os beneficia mutuamente. O inconformismo gera um sentido crítico que movimenta o sistema e tira recursos de sua zona de conforto, porém é sempre com o viés colaborativo, criando consistência de ações. Por fim, um ambiente que estimule o indivíduo a ser criativo, melhora e muito a forma como a empresa evoluirá na sua busca frenética pela competividade e lucratividade que exige constantemente da equipe formas criativas de se encontrar caminhos prósperos para crescer. Estimular que seus profissionais se desenvolvam através do conhecimento irrestrito, os colocando em contato com mentes brilhantes da empresa e fora dela, os desafiando e fomentando o interesse e curiosidade pelo novo, o que não existe ainda e que precisa ser criado.

Conclusão: se você está buscando um “lugar ao sol” neste modelo evoluído atual, ter estas capacidades desenvolvidas pode ser ainda mais importante do que um monte de certificações e cursos universitários isolados. Eu acredito muito que estas capacidades começam a ser desenvolvidas na criação, vem de dentro de casa, vem da capacidade das escolas de estimular isto nas crianças. Os pais precisam se conscientizar sobre estes aspectos e os desenvolver continuamente em família. As empresas precisam aliar a sua cultura para criar um ambiente propício ao desenvolvimento destas capacidades. Se trata de uma transformação onde a tecnologia é a via, através de cloud, aplicativos inteligentes, AI e muitas outras. Aquela pergunta comum que nos faziam quando crianças: “Qual profissão quer exercer quando crescer?; precisará ser acrescida da seguinte questão : “E que tipo de profissional você quer ser quando crescer?”

” Bem-vindos ao novo mundo empresarial digital e voltado ao comportamento humano! “

Published by flaviocarnaval

- Experience of over 25 years in companies in the IT and Services segment working in the areas of Consultative Sales, Inspiration for Innovation, Building Complex Businesses, Strategic Alliances - Hunting profile working in verticals in industries such as: Telco, Finance, Healthcare and Manufacturing - Strong technical bias for Cloud, ERP, RPA, BI / BA, CRM and Professional Services solutions - Profitable networking with customers, technology providers and startups - DNA aimed at delivering results above the target with several awards in the curriculum - Great experience on creating: organizational model, business model, hiring people, processes and delivering results - Last 7 years, coordinating teams focused on developing high performance teams - Skill in complex negotiation and excellent interpersonal skills. - Extensive international experience mainly in the USA - MBA in Sales Management, Sales Management by (Harvard Business School), several certifications in management, as well as in technical areas - Excellent Oratory, continuous writing practice (Owner of BlogDoCarna.com), didactic

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: